Prefeitura de Alagoinhas deu início à distribuição de 13 mil cestas básicas aos estudantes matriculados na Rede Municipal de Ensino

Prefeitura de Alagoinhas deu início à distribuição de 13 mil cestas básicas aos estudantes matriculados na Rede Municipal de Ensino

Por: Secom/Alagoinhas

Foto: Roberto Fonseca

A Prefeitura de Alagoinhas, por meio da Secretaria da Educação (SEDUC), começou a distribuição de 13 mil cestas básicas na Rede Municipal de Ensino. Foram investidos, com recursos próprios, cerca de 900 mil reais na ação, cujo objetivo é garantir apoio nutricional aos estudantes, que retomaram as aulas remotas nesta segunda-feira (12).

As primeiras unidades escolares contempladas estão localizadas na Zona Rural.  Nesta segunda, os kits alimentícios foram distribuídos nas Escolas Municipais Alaíde Santana Santos, Santa Rita, General Osório, Liodório Borges dos Santos, Péricles Nogueira Magalhães e Amando Alves de Azevedo.  A Guarda Municipal esteve presente, prestando apoio.

Foto: Roberto Fonseca

O prefeito Joaquim Neto e o secretário da Educação Gustavo Carmo acompanharam, de perto, o primeiro dia da ação, que segue até 30 de abril. “Assim como aconteceu no ano passado, alcançaremos cada aluno da rede municipal. Desse modo, as famílias poderão receber mais de uma cesta básica, com itens indispensáveis como arroz, feijão, óleo, leite em pó, açúcar, massa de tomate, macarrão, farinha de milho, entre outros”, informou o gestor do município.

Para fazer a retirada dos alimentos, é necessário se dirigir às creches e escolas municipais, das 08h às 11h (para quem estuda no turno da manhã) e das 14h às 16h (para os matriculados no turno da tarde).  O responsável precisa apresentar seu RG e CPF, além do documento do estudante (preferencialmente, o CPF).

Foto: Roberto Fonseca

Idosos, gestantes e pessoas com deficiência têm prioridade na retirada das cestas. Além disso, a SEDUC estabeleceu algumas regras para evitar aglomerações e garantir a segurança de todos. São elas:

  • A temperatura de todas as pessoas será aferida. Caso alguém apresente estado febril, não poderá ter acesso à unidade escolar e os dados serão  encaminhados à  Vigilância em Saúde Epidemiológica;
  • Na Unidade Escolar, só será permitida a entrada de 1(um) responsável ou o próprio estudante (maior de 12 anos), munido da documentação necessária, para a retirada da cesta básica;
  • Não há necessidade de dormir na fila, pois a organização prevê a entrega de cestas básicas de acordo com o respectivo quantitativo de estudantes;
  • Aqueles que estudam em Escolas Municipais distantes de onde residem poderão retirar a cesta básica em uma Unidade Escolar perto de casa;
  • Os estudantes devem estar com a matrícula devidamente regularizada no Sistema Simples;
  • Será necessário respeitar o distanciamento de 1,5 metros e evitar aglomerações;
  • Os alunos das Instituições: APAE, PESTALOZZI e CENTRO SOCIAL SÃO LUIS só poderão retirar a cesta básica na própria Instituição.

Confira o cronograma:

 

 

 

 

← vo

Últimas notícias